Chalé dos Filhos de Hades - Boas Vindas

Ir em baixo

Chalé dos Filhos de Hades - Boas Vindas

Mensagem por Mestre em Qua Nov 02, 2011 6:47 pm



As paredes do Chalé já deixavam bem claro a quem este pertencia. Os tijolos não possuíam pintura e nem reboco, eram negros por si só. A Telhado era longo e espeço, aumentando as sombras durante o dia, ao redor do chalé. A porta era de Mogno, escuro e envelhecido. Era belíssima e muito grossa. Protegendo-a, estavam dois esqueletos que não permitiriam que intrusos passassem. Somente os filhos de Hades e seus convidados mais íntimos poderiam passar e entrar no chalé. Ao passar pela porta, dava para ver a magnitude do recinto. Por fora, não daria para se quer imaginar que por dentro era tão imenso. De alguma forma o teto possuía estalactites e alguns morcegos. O cenário era evidente que mais parecia uma caverna. Isso foi obra de Hades, que por um devaneio, quis deixar o Chalé o mais parecido com o submundo. Uma Sala antecedia os dormitórios, que eram no subsolo. Não precisava nem um pouco de ventilação, pois os filhos de Hades se sentem bem em baixo da terra. Nesta sala, haviam acentos bem confortáveis . Não era necessário tanto espaço, afinal não existiam tantos filhos do Deus dos Mortos. Ao adentrar mais, estavam as duas escadarias que levam até os dormitórios.

Na escadaria da esquerda, havia uma caveira com um laço na cabeça, cravado na parede acima dos degraus. Um corrimão feito de ossos acompanhava todo o percurso de degraus. Após descer um pouco, chega-se ao dormitório feminino. Não possuía muitas camas, mas todas eram de grande porte, como aquelas de princesa, com os cortinados. O jogo de cama era todo negro, incluindo o travesseiro e o Edredom. A ventilação ali era natural e possuía até um clima acolhedor, com um pouquinho de frio. Haviam tochas para manter aquecidos aqueles que desejarem um pouco mais de calor. Ao lado de cada cama, existia uma mesa de cabeceira, com algumas gavetas para que cada campista guardasse seus pertences. Ao ser reclamado um novo filho, o nome era entalhado na madeira desta mesa de cabeceira, magicamente.

Na escadaria da direita, havia algumas palavras entalhadas numa placa de madeira, sobre a escadaria que leva até o quarto. Aproximando mais, as palavras brilhavam como se prata em forma líquida, percorresse os "sulcos" produzidos para formas as letras.

"I'm worse at what I do best
And for this gift I feel blessed
Our little group has always been
And always will until the end"


Este era um trecho da música do Nirvana, Smells Like Teen Spirit. Não se sabe quem a escolheu ou encravou ali naquele pedaço de madeira. Ao descer as escadas, dava para ver que o quarto era semelhante ao dormitório feminino. Haviam poucas diferenças, como por exemplo: Tochas de fogo infernal [ Coloração mais vermelha, como sangue], Pôsteres de bandas famosas de rock [ AC/DC, Nirvana, Metallica,etc] e uma Guitarra Preta em um pedestal. Ela era de uso coletivo do dormitório e no primeiro caso de briga por ela, a guitarra será confiscada.

avatar
Mestre
Admin

Mensagens : 155
Data de inscrição : 30/09/2011

Ficha Demiwitch
HP:
100/100  (100/100)
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://godsagecamp.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum